A alegria da eternidade

“Oro também para que os olhos do coração de vocês sejam iluminados, a fim de que vocês conheçam a esperança para a qual Ele os chamou, as riquezas da gloriosa herança dEle nos santos e a incomparável grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, conforme a atuação da sua poderosa força.” 
Efésios 1:18,19


Em sua carta ao povo de Éfeso, Paulo diz que está orando para que os olhos dos corações deles sejam iluminados. Essa deveria ser a nossa oração também. Para que os nossos corações enxerguem aquilo que realmente importa.

Há um céu preparado para nós, uma eternidade ao lado do nosso criador, junto do Messias que nos salvou, onde O conheceremos como também somos conhecidos, onde toda a lágrima será tirada e da tristeza não nos lembraremos.

Alguns dias aqui são tão sombrios que chego a desejar que não houvessem existido. Algumas perdas são tão dolorosas que o corpo chega a doer junto com a alma. Certas memórias são angustiantes a ponto de nos arrancar gritos silenciosos e lágrimas internas.

Se você sabe o que é a dor, é para você que eu escrevo!

Que as minhas palavras transmitam esperança para ti, querido irmão!

Nos dias mais sombrios, o Senhor Todo Poderoso não te abandona.

Quando sua alma dói por uma perda, O Espírito da promessa, que está todos os dias com você, te consola.

A vontade dEle é soberana! Seus traumas de alguma forma te fizeram amadurecer em algo (mesmo que você ainda não compreenda).


Quando tudo parecer sem sentido, lembre-se que não fomos criados apenas para esta vida daqui.

Há um céu a nossa espera! Nenhuma dor pode se comparar à alegria da eternidade com o Senhor!

Fernanda Martins

23 anos, cristã reformada, futura pedagoga, noiva, apaixonada pelas coisas do céu, sonhando com o Reino que não é daqui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.