Tem Alguma Coisa Errada Comigo

Tem alguma coisa errada comigo, tem alguma coisa errada com você, tem alguma coisa errada com as pessoas que você julga serem boas pessoas, tem alguma coisa errada com pessoas que você julga serem más pessoas. Podem dizer que estou sofrendo um grave delírio, podem dizer que perdi as posses de minhas faculdades mentais, mas antes:

“Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3, 23).

“Dificilmente haverá alguém que morra por um justo; pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer. Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores” (Romanos 5, 7-8).

“não há ninguém que não peque” (Crônicas 6,36).

Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós – Se afirmarmos que não temos cometido pecado, fazemos de Deus um mentiroso, e a sua palavra não está em nós” (1 João 1,8-10).

Não somos boas pessoas, nos iramos e, muitas vezes, deixamos que nossa ira nos faça pecar. Nos iramos e usamos palavras de baixo calão, nos iramos e humilhamos as outras pessoas, nos iramos e ofendemos alguém, nos iramos e praticamos o mal agredindo o outro ou, em alguns casos, nos iramos e mesmo que fiquemos quietos para supostamente “não pecar”, não conseguimos dormir porque ficamos o tempo inteiro pensando e repensando em tal situação que promoveu a nossa ira e assim, destruímos a nossa saúde mental, então, ao nos irar, no mínimo, pecamos contra nós mesmos.

Eu fui criada dentro de uma denominação cristã que dizia o tempo todo que Deus ama todo mundo, que Ele é bom, que nós [humanos] podemos escolher busca-lo ou não. Um dia, ao fazer uso desses argumentos sem fundamentos fui refutada por uma senhora que me fez sentir vergonha. Decidi comprar uma Bíblia nova que me ajudasse a compreender mais que tipo de criatura eu sou e quem Deus é, então comprei uma Bíblia King James [recomendo, é uma das melhores Bíblias de estudo] e decidi estudá-la verdadeiramente. Foram 6 longos meses de muito estudo, vi uma série de vídeos do Pr. Marcos Granconato, do Reverendo Augustus Nicodemos, do Pr. Paulo Jr. e do Pr. Josemar Bessa que atualmente é o meu Pr. Fazendo isso, consegui compreender que aquela moça não errou uma vírgula a meu respeito, não porque ela me conhecia e podia falar mal de mim (na verdade, nunca tínhamos nos encontrado; nos conhecemos na internet e começamos a conversar), mas ela me conhecia, porque estava respaldada nas Escrituras Sagradas e, sendo assim, ela tinha base pra dizer o quão má eu sou.

É isso que a Verdade bíblica faz: joga na nossa cara o homem mal que há em nós e, se assim aprouver a Deus fazer, Ele nos leva o arrependimento afim de que possamos sermos perdoados e tenhamos a chance de nascermos outra vez.

Tem uma coisa errada com todos nós, tem uma coisa errada com nossos brilhantes sorrisos, tem uma coisa errada com nossos olhares apaixonados, tem uma coisa errada com nossas escolhas, tem uma coisa errada com nossos diplomas, tem uma coisa errada em cada um de nós, se nada do que fizermos, seja uma coisa pequena ou não, puder ser usado para a glória de Deus.

Não somos tão bons quanto fingimos ser e, justamente por isso, precisamos de Deus porque Ele é o único que tem poder pra nos levar ao sincero arrependimento e fazer de nós novas criaturas.

“Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!” (2 Coríntios 5,17).
Leia a Bíblia, mas não pra “alfinetar” o seu irmão, leia a Bíblia para que assim você entenda quem realmente é.

Veja esse vídeo (e toda a série desse tema, se possível): ele é uma melhor explicação mais abrangente deste pequeno texto:

Que Deus te abençoe,
Solus Christus

Avatar

Cristã protestante, Calvinista, 23 anos, Rj, Psicóloga Acadêmica. "A paz se possível, mas a verdade a qualquer preço." - Martinho Lutero

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.